X

Olá, queridos!

Uma discussão recente no Fórum Americano de Overwatch tem chamado muita atenção para uma preocupação existente desde antes o lançamento oficial do jogo em Maio do ano passado: o uso de teclado e mouse em consoles é permitido/justo em Overwatch?

Existem vários argumentos sobre o assunto. O principal, que vem dos jogadores de consoles que não dispõe de periféricos extras e que acham que a vantagem dadas por teclado e mouse é extremamente superior. Do outro lado, os jogadores que usam esses itens se sentem no direito de usufruir da possibilidade independente de interferência da Blizzard.

No fórum oficial, Diretor de Overwatch Jeffrey Kaplan, apresentou o ponto de vista do lado da empresa, afirmando que “a Blizzard se opõe ao uso de teclado e mouse em consoles ao jogar Overwatch nos consoles”, embora esta informação não esteja diretamente contra os Termos de Uso de Overwatch:

Originalmente postado por Jeff Kaplan (Forum Oficial)

A equipe Overwatch se opõe ao uso de mouse e teclado no console.

Nós entramos em contato com os fabricantes dos consoles e expressamos nossa preocupação com o uso de mouse e teclado e dispositivos de conversão de entrada.

Temos pressionado e continuaremos a pressionar os fabricantes de consoles para:

Desativar mouse, teclado e dispositivos de conversão de entrada.

OU

Aberta e facilmente permitir mouse e teclado para todos os jogadores.

Encorajo vocês a contatar os fabricantes de hardware e a expressar suas preocupações (mas, por favor, façam-no de forma produtiva e respeitosa).

O problema

O suporte para mouse e teclado não é nativo em todos os jogos, portanto para alguns jogadores utilizam um conversor que permita o uso de periféricos independente da “portabilidade padrão”, como é o caso de Call of Duty. Enquanto que no PC o movimento é baseado em DPI, no controle o movimento é limitado à fatores como alcance máximo de movimento, zona neutra (ou dead zone), etc. Outra funcionalidade dos adaptadores para teclado e mouse em consoles é trazer mais conforto para o jogador, uma vez que ao utilizar estes periféricos em console, eles irão simplesmente suavizar as limitações técnicas do próprio controle, justamente pela questão das limitações de hardware. A função do adaptador é criar opções extras – baseadas na limitação de movimento do próprio hardware – que tornem possíveis configurações de sensibilidade independente da mira e movimento do hardware serem destinadas a joysticks.

Com esse texto acima quero afirmar que se você plugar mouse e teclado diretamente em um console, o resultado não será nada parecido com a jogabilidade em um PC.

Falando por experiência própria, existem diferenças não apenas na jogabilidade, mas também em todo o ritmo do jogo. Jogando em console, normalmente evito personagens como Widowmaker e Hanzo, uma vez que até você conseguir mirá-los muita coisa acontece, diferente do PC onde a resposta é quase imediata.

Por outro lado, como uma jogadora também de console, eu prezo pelo meu direito de usar acessórios extras nos jogos que eu preferir. Não uso teclado e mouse extras para jogar Overwatch ou outros jogos no meu Xbox One, mas não gostaria de ser impedida de utilizar meus periféricos quando eu achar viável. Se eu achasse uma Power Glove pra Xbox One eu não voltaria pra casa sem uma 😛

Se você entende bem inglês, você pode conferir bons argumentos que expõem vantagens e principalmente desvantagens de se usar um conjunto de teclado e mouse em consoles:

Soluções

Existem algumas maneiras de solucionar esse impasse, mas cada uma tem consequências que podem interferir diretamente na jogabilidade geral:

  • Uma alternativa que funciona de maneira semelhante no GTA V da Rockstar: servidores separados por tipo de mira. No caso de GTA V, os servidores (tanto em consoles quanto no PC) são separados em servidores de mira livre e servidores de mira assistida. A solução seria usar isso como exemplo para criar servidores onde o uso de periféricos extras são permitidos e servidores onde não são, inclusive com opção de servidores para uso de controle em PC mesmo). Essa solução cairia muito bem com a nova funcionalidade de busca de servidores que foi implantada recentemente no PTR. O contra desta alternativa possivelmente seria a demora nos tempos de fila e falhas de pareamento para usuários que façam parte de uma “minoria” (teclado/mouse no console, controle no PC) que definitivamente seriam muito mais longas dada a quantidade muito inferior de jogadores disponíveis.
  • Ainda usando como base a sugestão anterior, outra alternativa seria viabilizar Overwatch como um jogo multiplataformas, onde independente de jogar em PC ou console, todos pudessem jogar nos mesmos servidores, com diferenciação de servidores teclado/mouse e servidores que permitam controles. Mas todos sabemos que esta é uma possibilidade extremamente remota, não apenas em Overwatch mas em qualquer título disponível para PC e Consoles.
  • Proibir estritamente o uso de periféricos extras para Overwatch nos Consoles. O lado ruim seria, como eu disse anteriormente, tirar a escolha do jogador que tem acesso à estes acessórios e pode utilizá-los e o impasse com as empresas diretamente (Sony permite e comercializa teclados e mouses para o PS4, enquanto que a Microsoft ainda não dispõe de acessórios e suporte oficial).

Enquete

Vote em nossa enquete e compartilhe também sua opinião nos comentários!

Você acha que periféricos extras como mouse e teclado deveriam ser proibidos/não suportados nos consoles para Overwatch?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Boa semana!

Compartilhe este post!
Share on Facebook13Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0