X

A briga da Blizzard contra os “cheats” continua, mas dessa vez vai um pouco além de bans nos jogadores!

No início do último mês a Blizzard venceu uma ação judicial contra um serviço de cheats/bots, tendo recebido 10 milhões de dólares no processo e não parece que vai parar por aí: o novo alvo é uma empresa chamada Bossland, especializada em trapaças para diversos jogos.

Aparantemente a Bossland divulgou que vendeu mais de 118.000 produtos só nos Estados Unidos nos últimos anos. A Blizzard por sua vez estima que 36% desses produtos foram feitos para seus jogos, somando mais de 42.000 infrações e está processando a empresa em 8,5 milhões de dólares em danos de direito autoral.

A Bossland ainda não se posicionou sobre o processo, mesmo depois de um ultimato de 24 horas emitido pela corte, o que deixa a empresa em maus lençóis.

De fato a batalha contra os cheaters e exploiters está só começando, mas isso nos tranquiliza por saber que a Blizz está de olho e o martelo vai pesar!

Vocês já tiveram problemas com algum tipo de hack dentro do Overwatch? Conta pra gente :3

Fonte: WWG

 

Compartilhe este post!
Share on Facebook16Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0