X

Como dei um tempo de WoW por não conseguir me dedicar ou me animar com o jogo, um dos jogos que tem mais prendido minha atenção atualmente é o mais novo lançamento da Blizzard: Overwatch. Estrategicamente (ou não) lançado antes do feriado de Corpus Christ, Overwatch tem sido o jogo que atualmente faz a cabeça dos jogadores que o compraram: ele é dinâmico, divertido, bonito visualmente, instigante e muito, muito viciante. Ficou normal conversar sobre Overwatch com os amigos, passar o dia pensando em chegar m casa pra jogar, pensar em testes de heróis, sonhar com OW, dormir pensando no jogo… seria Overwatch o mais novo crush da comunidade gamer?

Das experiências que eu tive com o jogo, muitas foram relacionadas as partidas emocionantes. Aquele momento em que a prorrogação do jogo muda o resultado, ou a hora em que o time consegue estabelecer uma defesa forte e impede a vitória dos oponentes, ou quando um ultimate bem dado wipa os jogadores e você consegue alcançar o objetivo. Ao fim da partida, você ver o quanto melhorou seu desempenho, morrendo menos, curando mais, dando mais dano, dando mais assistência. O sentimento de vitória ainda pode ser incrementado com uma bela “Jogada da Partida” sua, onde uma jogada bem feita (ou não) é ressaltada.

Afinal, nem sempre é divertido os Bastions e sua estagnação, Torbjörn e suas torres… /sigh

Os personagens de Overwatch são bastante icônicos também, o que faz com que nossa experiência seja muito mais divertida. As últimas palavras que você pode ouvir antes de morrer podem ser um “hora de acertar as contas…” ou um “A justiça vem de cima!” ou um “você está na minha mira“. Ou mesmo um “RYUUGAWA GA TEKI WO KURAU”, que é a hora que você reza pro Hanzo não ter mirado na parede onde você está escondido. Significa também que é um jogo cheio de grandes emoções: estamos a todo o tempo empolgados em fazer o nosso melhor, com adrenalina a mil, afetados pela emoção das partidas acirradas do jogo.

hanzo ult gif

RYUUGAWA GA TEKI WO FUCKYOURSELF

É preciso reconhecer: Overwatch conquistou nosso coração, e fez heróis em todos os quatro cantos do mundo. Apesar de ser um FPS sem muita diferença de outros FPS em modo arena por aí, compará-lo é tirar a magia do jogo e fazer um péssimo trabalho em descrevê-lo. Só pelos curtas lançados até agora, podemos ver que Overwatch tem muito mais a oferecer do que simplesmente ser mais um jogo de tiro. Os reviews têm sido muito positivos, as vendas têm sido crescentes, e difícil achar alguma crítica realmente ruim ao jogo.

Por fim, o que realmente me prende no Overwatch é sua imensa capacidade de absorver diferenças. Seja você um enorme fã de jogos FPS, ou um jogador principiante, seja você um fã de personagens tanque, suporte, tático ou de ataque, seja você fã de um jogo mais cosmético, ou fã de um jogo que valoriza a técnica, seja você alguém difícil ou fácil de agradar. Seja você um fã da Blizzard ou não, Overwatch provavelmente vai te agradar em algum quesito. Se você não testou durante o beta, nem se aventurou comprar agora no lançamento, alimente a ideia de dar uma chance a ele num futuro próximo e conhecer mais sobre o que os novos heróis estão tão empolgados.

E vocês, como têm passado a primeira semana de lançamento do jogo? Prontos para mais uma partida?

Muito obrigada, e até mais! o/

Compartilhe este post!
Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Tumblr
Tumblr
0Email this to someone
email
Pin on Pinterest
Pinterest
0