X

Fala galera! Tudo certo?

O Closed Beta mal terminou e já está deixando saudades, mas esse post não vai falar de coisas tristes, venho aqui trazer algumas expectativas pessoais para o jogo e contar um pouco das minhas primeiras impressões durante o pouco tempo que tive de acesso.

Minha história com shooters começa em meados do ano 2000 quando conheci o Counter Strike, sem internet em casa as opções que eu tinha na época não eram muitas, mas esse jogo despertou algo diferente em mim: o espírito competitivo. Em todos esses anos passei por todos os tipos de jogos, de FPS a MMO, participei de campeonatos online e offline e jamais perdi o tal espírito competitivo.

O que torna um jogo competitivo?

Já cansei de escutar gente dizendo que qualquer jogo pode ser competitivo e nisso eu discordo infinitamente.

  • Um jogo competitivo tem de ser justo, nunca pode ser desbalanceado e isso exige atenção constante do desenvolvedor.
  • FPS e MS fazem sim diferença e qualquer alteração pode afetar bruscamente o desempenho dos jogadores.
  • Para se manter competitivo, deve-se manter o interesse dos jogadores e recompensar o desempenho.
  • O funcionamento da mecânica do jogo deve ser de fácil compreensão, por mais complexo que seja o jogo, as “regras” devem ser claras.

Overwatch tem tudo isso?

Não é preciso muito tempo de jogo, nem habilidades sobrenaturais para ver todas as peças se encaixando.

Em questão de balanceamento qualquer um que esteja familiarizado com as franquias da Blizzard sabe do comprometimento que eles tem com isso, tarefa que não é nada fácil. Nesse quesito, o Overwatch está em boas mãos e já vem passando por constantes mudanças desde o início do Closed Beta. Você pode acompanhar essas mudanças nos Patch Notes do fórum oficial, inclusive pode (e deve) deixar seu feedback.

Overwatch não é um jogo pesado, quando comparado a outros jogos da nova geração os requisitos mínimos/recomendados são bem acessíveis e não exigem nenhum PC da NASA pra rodar. Na minha experiência no Closed Beta, mesmo durante o stress test o jogo se manteve estável e fluido, não tive problemas com conexão nem queda de frames. Mais animador ainda, é saber do recente anúncio de servidores no Brasil, fato que tornará a experiência ainda melhor.

O modo competitivo, divulgado no Patch Note de 5 de Abril trouxe um novo tipo de experiência ainda durante o beta, dando a possibilidade do jogador subir de ranking de acordo com seu desempenho (e cá entre nós, nada melhor para manter a rivalidade do que esfregar seu ranking na cara dos outros jogadores ostentar suas patentes :P. Para entender melhor o modo competitivo do Overwatch, conhecer as recompensas e tudo mais confira nosso post: Previa do Modo Competitivo.

Sobre a mecânica do jogo, não precisa dizer muito. Com um tutorial extremamente resumido o jogo te ensina o funcionamento de tudo sem enrolações e te deixa pronto para passar por cima enfrentar seus inimigos.

Overwatch me conquistou logo no primeiro contato, a mecânica é simples mas isso não faz dele um jogo limitado, muito pelo contrário, isso da liberdade aos jogadores e faz que o decorrer do jogo dependa ainda mais de cada um e as possibilidades tornam-se infinitas com o estilo de gameplay de cada personagem e jogador.

Falta menos de 1 mês para o lançamento e eu mal posso esperar pra voltar pra esse jogo incrível! E não esqueça, se você comprar o jogo na pré-venda até dia 29/04 terá acesso antecipado ao open beta, a partir do dia 03 de maio.

Vejo vocês lá 😉

Compartilhe este post!
Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Tumblr
Tumblr
0Email this to someone
email
Pin on Pinterest
Pinterest
0